Carreira Militar Feminina: Mito Ou Realidade?

carreira militar feminina

A carreira militar é uma das escolhas mais nobres. Também é uma opção de carreira cheia de desafios.  Para estar apto a cumprir estas adversidades é necessário disciplina, perseverança, conhecimento e muita vontade de fazer a diferença.  Todas estas qualidades independem do gênero.

Homem ou mulher, a carreira militar pode ser para qualquer um. Infelizmente, como vivemos em uma sociedade que insiste em julgar as pessoas por seu gênero, orientação sexual e cor da pele, pode ser um pouco complicado para uma mulher acreditar que ela pode escolher esta carreira. Pode ser difícil, até mesmo, para ela ser respeitada neste ambiente que até pouco tempo acreditava-se ser predominantemente masculino.

Ainda existe muita desinformação quando se trata do trabalho militar feminino. Trouxemos algumas informações para que você compreenda um pouco mais sobre a carreira militar e sobre o serviço feminino neste campo. É preciso que as mulheres que optam por esta carreira saibam por onde começar,  sejam respeitadas e reconhecidas.   Descubra sobre a carreira militar feminina e como verifique se este não é o caminho que você procurava para mudar sua vida.

Carreira Militar Feminina: uma possibilidade para todas

As mulheres como um todo enfrentam diversos desafios no mercado de trabalho. O machismo, a falta de informação e até mesmo a falta de proteção adequada contra assédios ainda imperam no ambiente profissional. Sendo assim, quando uma carreira vista como masculina, estes desafios podem dobrar.

Mesmo com tudo isto, é preciso que você saiba que a carreira militar feminina não é um mito. Ela é uma realidade e inclusive uma possibilidade para você. Seja qual forem suas habilidades, sejam quais forem seus sonhos profissionais, se você tem interesse pode optar pelo serviço militar você tem como fazer isto.  Seu sucesso pode estar inclusive nesta opção.

A presença feminina no meio militar ainda é pequena, mas continua crescendo. Em Janeiro de 2018, por exemplo, foi aberta oficialmente a primeira turma feminina da Academia Militar das Agulhas Negras, AMAN.   Esta é a principal academia militar do país. Desde 2018 as mulheres podem  se tornar oficiais combatentes e chegar à patente de general e até ao comando do Exército. Foram 33 alunas selecionadas e elas agora farão parte da elite militar brasileira.

Para aquelas que não gostam de combate, existem ainda outras opções como se tornarem professoras, médicas, ou outro tipo de profissional ligada as forças armadas de alguma maneira. Isto é só um exemplo de onde as mulheres podem chegar quando optam pela carreira militar. Também é uma prova de que a carreira militar feminina não é um mito.

Conheça outras mulheres que fizeram sucesso na carreira militar

A carreira militar não é novidade para as mulheres, apesar do que muitos podem pensar.  Anita Garibaldi, Maria Quitéria, Manuela Sáenz são apenas alguns dos exemplos que fizeram a história latina americana com militares femininas corajosas e vitoriosas.  Atualmente existem outras mulheres que seguem este caminho e também são tão bem sucedidas quanto suas antecessoras.

Embora de algum jeito ou de outro as mulheres sempre estivessem presentes nas forças armadas, as oportunidades reconhecidas oficialmente para mulheres nesta carreira surgiram em 1980. Neste ano foi criada o Corpo Auxiliar Feminino de Reserva da Marinha, o CAFRM.  Hoje, divididas nas diferentes forças ou trabalhando nos bastidores, as mulheres já fazem  parte das forças armadas brasileiras.

As mulheres tem participado ativamente  nas forças de paz, em forças tarefas nacionais ou como profissionais de diferentes áreas auxiliando as forças armadas.  De acordo com dados divulgados em 2015, a Força  Aerea Brasileira, FAB é a que possui o maior número de militares do sexo feminino em seu efetivo.

No entanto, elas ainda são minoria no meio militar.  Atualmente o efetivo total é de cerca 323  mil mulheres. Isto corresponde a apenas 6% do efetivo das forças armadas brasileiras. Descubra se a carreira militar não é para você e ajude a mudar esta estatística.

O que você deve saber antes de escolher a carreira militar

Para entrar nas forças armadas é necessário saber algumas coisas.  Primeiramente, a inclusão das mulheres nas forças armadas ocorre diferente dos homens.  Para as mulheres, é necessário prestar concurso público.  É importante também que ela saiba exatamente qual organização ela quer entrar.

As organizações militares podem ser divididas nos três grandes grupos, o Exército, a Marinha e a Aeronáutica.  O ingresso e o concurso público para cada uma destas forças é diferente e você deve verificar em cada uma delas que tipo de concurso você deverá realizar para ingressar e quais são as exigências.

Para entrar no serviço militar, antes de tudo, você deve ter completado 18 anos.  Para ter um vinculo vitalício, é necessário realizar concurso publico.  Caso você entre de forma voluntária, deve saber que vai servir por um tempo pré-determinado. A efetivação é apenas através de serviço público.

Saiba como entrar nas forças armadas e faça parte desta história

No exército Brasileiro, as mulheres que finalizaram o Ensino Médio e querem iniciar a carreira militar devem prestar concurso e seguir algumas exigências, como altura mínima de 1,55 m. A interessada em entrar na marinha tem duas oportunidades.

Para a Marinha do Brasil, você pode entrar através de concurso público ou por processo seletivo para o Serviço Militar Voluntário. O serviço militar voluntário tem vínculo temporário, diferente do concurso público que é uma carreira estável.  O vinculo é de no máximo de oito anos, sendo renovado anualmente.

Para a Força Aérea Brasileira, a interessada pode entrar, além de concurso, por alguns cursos mais específicos. Você pode se tornar parte da FAB com o curso de formação de oficiais aviadores, curso para oficiais de infantaria, curso de oficiais intendentes ou curso de formação de sargento da aeronáutica.   Saiba qual é a melhor opção para você e verifique se a carreira militar é a melhor escolha para seu futuro.

Uma opção de carreira também para as mulheres

A carreira militar feminina não é um mito. Ela é uma realidade e você pode fazer parte dela.  Busque informações para ingressar no serviço militar. Saiba como proceder e buscar seus direito caso opte por esta carreira.

Servir seu país através do serviço militar é um direito tanto de homens quanto mulheres ou pessoas que não se sentem representadas por esses dois binários de gêneros. Seja qual for seu gênero, raça ou orientação sexual, a carreira militar pode ser ara você se quiser.